Laser Alexandrite

O laser Alexandrite é detentor de um raio de luz sob a forma de energia muito preciso e com um comprimento de onda capaz de destruir a célula germinativa do pêlo, ficando o folículo piloso inactivo, sem que as estruturas circundantes sejam afectadas.

Os pêlos crescem em três fases cíclicas, anágena ou crescimento, catágena ou transição e telógena ou queda. Os folículos são mais vulneráveis ao tratamento laser durante a fase anágena (crescimento do pêlo). Como os pêlos não se encontram todos na mesma fase, são necessárias várias sessões para a sua eliminação.

Para além da eliminação do pêlo, o laser alexandrite é indicado também no caso de foliculites e pêlos encravados, melhorando substancialmente o aspecto da pele, tornando-a mais lisa e macia.

Esta consulta, totalmente gratuita e sem compromisso, é efectuada antes de iniciar o tratamento a laser. Consiste na avaliação das características do pêlo e da pele das zonas a tratar, na explicação de todo o procedimento, no esclarecimento de dúvidas e na realização de um teste de sensibilidade. É fundamental que tenha o pêlo visível para uma avaliação precisa. Com os dados colhidos durante esta consulta, o técnico de laser fica capacitado para fazer um plano de tratamento especialmente para si.

Em média 5 a 7 sessões. Alguns factores influenciadores: características do pêlo e da pele, zona a tratar, factores hormonais, idade, medicação, entre outros.

Quanto mais espesso e escuro for o pêlo, mais rápidos são os resultados. Pêlo branco e loiro não é eliminado.

No rosto os tratamentos são mensais e normalmente são necessárias mais sessões. No corpo, devido ao crescimento do pelo ser mais lento, as sessões são bimestrais. Geralmente os intervalos entre sessões tendem a aumentar com o decorrer do tratamento.

Sendo o corpo humano capaz de regeneração, nenhum método elimina a 100% o pêlo, no entanto com esta tecnologia os resultados são muito eficazes sendo necessária apenas manutenção de controle após o tratamento.

Sente-se uma ligeira “picada”. O Laser Alexandrite incorpora um sistema de refrigeração que permite o arrefecimento da pele antes de cada disparo laser, tornando o tratamento mais confortável do que os outros métodos de depilação.

O laser alexandrite atua melhor em peles claras. Pessoas com fotótipos I a IV podem submeter-se a este tratamento com segurança e eficácia.

Sim. Trata-se de um laser médico-estético e tem a aprovação americana FDA (Food and Drug Administration) e  europeia CE.

Duas a três semanas antes não deve realizar depilação no corpo com métodos de arranque ou descoloração. No rosto deve respeitar o tempo de sete dias.

Não fazer exposição solar no mínimo 15 dias antes, nem outro tipo de bronzeado (solário, autobronzeador, etc).

24 a 48h antes deve fazer o corte do pêlo das zonas que irá realizar tratamento a laser.

A pele deverá estar limpa de cremes e desodorizantes.

Deverá aplicar um creme regenerador durante 3 a 4 dias de manhã e à noite. Se a zona estiver exposta deverá aplicar também protector solar (índice de protecção elevado).

Evitar fontes de calor nas primeiras 48h e não deverá fazer exposição solar durante 15 dias

Nos intervalos das sessões, se necessário, deverá recorrer ao corte do pêlo.

By continuing to use the site, you agree to the use of cookies. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close